Domingo, 26 de Maio de 2019
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

image image image image image image image image
EstudeTeologia a Distância | Curso CADETE Online Inscreva-se no curso teológico da Igreja Batista Redenção e torne-se mais fluente na teologia cristã e no uso das Escrituras.
Apoie Se você tem acompanhado nosso site e tem sido abençoado por esse trabalho, há como apoiá-lo!
Conheça Israel e Turquia com Pr. Marcos Granconato Nos dias 13 a 24 de janeiro de 2020 acontecerá uma viagem a Istambul (Turquia) e Israel com a presença do Pr. Marcos Granconato.
DEVER | Descobridores da Verdade O Dever é um dos trabalhos evangelísticos e de ensino bíblico da Igreja Batista Redenção voltado a crianças e jovens de 4 a 15 anos.
A Cabana Caiu Recentemente as igrejas evangélicas foram inundadas por exemplares do livro “A Cabana”. Será que é um bom livro para a igreja?
Você Entende esse Versículo? Série em vídeo de animação gráfica que explica o significado de versículos mal-compreendidos.  
Novo App da IBR para iOS e Android Novo App para smartphone e iPad que dá acesso a todo o conteúdo da Igreja Batista Redenção em texto, áudio e vídeo.
Família e Casamento Seção que reúne os materiais do site voltados à família e ao casamento em forma de artigos, mensagens MP3 e vídeo.

Igreja Batista Redenção

Batismo ‘In Memoriam’?

Pastoral

“Doutra maneira, que farão os que se batizam por causa dos mortos? Se, absolutamente, os mortos não ressuscitam, por que se batizam por causa deles?” (1Co 15.29).

A ideia de que os vivos podem, de algum modo, auxiliar os mortos no “além” não é novidade. Desde a Antiguidade, passando pelo catolicismo medieval e chegando aos movimentos pseudocristãos contemporâneos, a ideia da intercessão pelos já falecidos sempre se fez presente. Talvez um dos exemplos mais gritantes seja o “batismo vicário”, realizado pela Igreja Mórmon. A ideia é que um fiel ainda vivo pode se batizar em favor de seu familiar já falecido e, assim, conceder-lhe algum tipo de favor. Uma das justificativas para tal prática está na doutrina antibíblica da “regeneração batismal”, que acredita que o cumprimento da ordenança do batismo é essencial para salvação. Assim, caso um parente não tenha se batizado quando ainda em vida, o problema é resolvido por meio de um batismo vicário, no lugar do falecido.

Ao que parece, tal prática era presente já no segundo século da Igreja Cristã, notoriamente em ambientes considerados heréticos. Apesar disso, alguns argumentam que, possivelmente, o batismo vicário já era praticado em Corinto aos tempos do apóstolo Paulo, razão pela qual é mencionado no texto acima. Dessa forma, ao citá-lo, Paulo estaria ratificando-o e fornecendo a base apostólica necessária para sua instituição oficial na igreja.

Entretanto, os problemas com tal doutrina são vários. Em primeiro lugar, o modelo bíblico de batismo é o credobatismo, ou seja, batismo como expressão da fé do indivíduo. Nos tempos bíblicos, ao crer em Cristo, o recém-convertido já era, quase que imediatamente, batizado a fim de se identificar com a fé cristã. É o caso dos 3 mil (At 2.41), do eunuco (At 8.38), da família de Cornélio (At 10.48) e da família do carcereiro (At 16.33). Assim, alguém só pode ser batizado depois de ouvir do evangelho e, crendo, expressar publicamente sua fé por meio dessa ordenança. É impossível “terceirizar” a identificação com o corpo de Cristo.

Outro argumento definitivo contra o batismo vicário é o juízo certeiro de Deus, encontrado em Hebreus 9.27: “... aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo...”. Enquanto o ladrão da cruz desfrutaria da presença de Cristo no paraíso (Lc 23.43), o rico passou imediatamente a sofrer condenação após sua morte, sem qualquer esperança de restauração (Lc 16.19-31). Não há nenhuma evidência bíblica que suporte a ideia de intercessão dos vivos em prol dos mortos.

Sendo assim, o que significam as palavras de Paulo, então? Ainda que existam muitas interpretações para tal passagem, a que parece mais harmoniosa com o contexto imediato de 1Coríntios e com o ensino bíblico geral é que Paulo está se referindo à identificação de novos crentes com a fé de outros fiéis que já morreram. Em outras palavras, ao se “batizar por causa dos mortos”, o apóstolo está afirmando que muitos “vivos” criam no evangelho diante do testemunho de fé daqueles que já morreram, e, por meio do batismo, identificavam-se com eles.

Em 1Coríntios 15, ao argumentar contra a inexistência da ressurreição, o raciocínio de Paulo caminha assim: se os mortos não ressuscitam, Cristo também não ressuscitou (v.13) e, portanto, os crentes ainda estão condenados diante de Deus (v.17). O caso dos fiéis que já morreram é ainda pior, pois, ao fechar os olhos neste mundo, esperavam vida eterna, mas encontraram perdição (v.18). Dessa forma, conclui o apóstolo, por que as pessoas vivas ainda se identificam com a fé de pessoas mortas e condenadas? (v.29) Não faria o menor sentido! Seria uma “fé inútil” (v.14).

Pela graça e poder de Deus, porém, Cristo ressuscitou (v.20). Trata-se de uma certeza inquestionável e historicamente verificável (v.3-8). Portanto, é seguro olhar para o testemunho cristão do passado e se identificar com a fé salvadora que os antigos também possuíam. A condenação deles foi completamente removida em Cristo e, agora, desfrutam da presença eterna de Deus como filhos amados. Essa é a esperança viva de todos os crentes (1Pe 1.3).

Por fim, além de não apoiar a doutrina herética do batismo vicário, o texto em questão ilustra que, em certo sentido, os mortos ainda “falam” por meio do seu testemunho registrado na história e na memória de seus queridos. Os heróis da fé do passado foram testemunhas do evangelho quando estavam vivos e suas palavras ainda ecoam no presente. O crente deve, portanto, nutrir gratidão por aqueles que transmitiram a fé salvadora ao longo da história de maneira fiel e piedosa.

Ainda no campo do testemunho, o que dizer dos que estão vivos, ocupando as trincheiras do evangelho no século 21? O testemunho deles é tão “contagiante” quanto foram as palavras dos que já morreram em Cristo? Por isso, diante de tais verdades, os crentes ainda devem ter o testemunho passado como combustível para uma fé ativa no presente e uma esperança viva no futuro! “Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, (...) corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus” (Hb 12.1-2).

Níckolas Ramos

Coram Deo

 

 
Move
-

Notícias

Principal
6º Retiro do Remar

No último fim de semana, entre os dias 17 e 19 de maio, os homens da igreja, metade da IBR de São Paulo e metade das IBR de Bragança Paulista, participaram do 6º Retiro do Remar. O evento foi num hotel em Águas de Lindóia. Houve muita comunhão, descanso e lazer. Os estudos foram realizados em quatro sessões, tendo como tema: “Homens de verdade”....

Leia Mais ...
Ordenação Pastoral do Pr. Isaac Araujo Pereira

No domingo, dia 05 de maio, foi realizada a cerimônia de ordenação ao ministério pastoral do irmão Isaac Araújo Pereira. O rito de imposição de mãos pôs termo ao processo de investidura que teve início em fevereiro com a aprovação da igreja. Isaac também foi submetido a um exame oral de teologia, sendo aprovado pelos pastores e demais líderes...

Leia Mais ...
Investiduras ao Diaconato e Evangelismo na IBR

No domingo, dia 28 de abril de 2019, no culto da noite, tivemos a investidura de sete homens em funções ministeriais da nossa igreja. Os seguintes irmãos foram investidos na função diaconal: Carlos Guandalini Neto, Douglas Prado Arcelino Caetano, Fulvio Alexandre Souza Pereira Ribeiro Paschoal, Luciano Serra, Paulo Henrique de Lima Souza e Rodrigo Biazoto...

Leia Mais ...
Café da Manhã de Páscoa 2019

Na manhã do dia 21 de abril, a Igreja Batista Redenção se reuniu, com cerca de 160 irmãos, para o nosso tradicional café da manhã de Páscoa. Apesar do numero expressivo de participantes, tudo correu na mais perfeita ordem. Além da mesa farta e da comunhão mais farta ainda, fomos edificados por meio dos hinos de louvor a Deus, pela bela música entoada...

Leia Mais ...
Certificações no Departamento Infantil

No último domingo pela manhã, quatro alunos da turma dos juniores receberam um certificado pela participação no curso ministrado pelos professores Eduardo, Gabriel e Fúlvio ao longo do ano de 2018. O objetivo foi destacar o desempenho destes alunos e incentivá-los, bem como os demais juniores, na busca diligente por conhecer mais sobre nosso Deus e Salvador....

Leia Mais ...
Descobridores da Verdade | Dever

No último sábado, 06, mais de 45 crianças estiveram no Dever e começaram a ouvir a estória de Nilda da Argentina (APEC), contada pelo Prof. Ivan Venturini, membro da Igreja Batista Redenção. Ao longo da narrativa, que será apresentada em quatro sábados, os seguintes pontos serão trabalhados: 1) Jesus morreu e ressuscitou para te salvar; 2) A...

Leia Mais ...
Treinamento do Departamento Infantil

No último sábado, dia 16 de março, a equipe do Departamento Infantil da IBR participou de uma reunião de treinamento profunda e abrangente com o objetivo de preparar os professores e auxiliares envolvidos no ensino das crianças e pré-adolescentes da nossa igreja. O encontro se iniciou com a fala do Isaac, que deu um panorama geral sobre Educação Cristã...

Leia Mais ...
Cadete Plus 2019 | Aula Inaugural

No dia 23 de fevereiro, com a presença de 80 alunos, teve início o Cadete Plus 2019. Trata-se do curso presencial de teologia da IBR, no qual são ministrados módulos avançados. Duas aulas tiveram ocasião durante o dia: Hermenêutica 1, com o Pr. Marcos Granconato, e Panorama Bíblico, com o Pr. Thomas Tronco. A próxima aula será no dia 30 de março....

Leia Mais ...

CULTO ao Vivo

IBR nas Redes Sociais



Programa de Doações

 

Pastorais Recentes

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15

IBR SermonAudio

 
 

Reuniões

Domingos
09:30
11:30
19:00

 
Culto e EBD
Classe Novos Membros
Culto

Quartas
19:30

 
Culto de Oração

Sábados
10:00
19:00


Crianças
Jovens e Adolescentes

Endereço:

Av. General Ataliba Leonel, 3780
Parada Inglesa - São Paulo/SP

(Sede da Igreja Batista Redenção)

Pr. Marcos Granconato

Veja o mapa (clique aqui)

 

Contato:

Ev. Leandro Boer

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

Visitantes Online

Nós temos 281 visitantes online

Estudos Bíblicos Durante a Semana

Todas as quartas-feiras no culto de oração, às 19h30, temos estudos bíblicos detidos e sequenciais. O Pr. Marcos Granconato está expondo detalhadamente a carta de Judas. Participe!

Reflexões Diárias

O site da IBR traz diariamente reflexões de cunho devocional para que os internautas estudem livros da Bíblia além de fazer a leitura bíblica durante o ano. Acesse a página e estude as Escrituras (clique aqui).

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.