Quinta, 16 de Agosto de 2018
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

A Importância da IBR no Acervo Digital de Sermões em Língua Portuguesa

“Então, como os ouvimos, cada um de nós, em nossa própria língua materna?’ (Atos 2.8).

A plataforma de sermões SermonAudio, da qual fazemos parte, possui um grande acervo digital de sermões nas mais diversas línguas (1.458.640 — 24 de maio de 2018) com mais de dois milhões de downloads por mês ou quase 3 mil downloads por hora em todo mundo! Uma análise foi feita no dia 24 de maio para demonstrar como a língua portuguesa figura entre outras línguas.

Após o idioma predominante do SermonAudio, o Inglês, com mais de um milhão de sermões, as seguintes línguas lideram em número de sermões disponíveis: 2º lugar — Espanhol (22.084 sermões), 3º lugar — Chinês (2.164 sermões), 4º lugar — Coreano (1.336 sermões), 5º lugar — Khamer/Camboja  (1.265 sermões), 6º lugar — Tagalo/Filipinas (1.180 sermões), 7º lugar — Francês (987 sermões), 8º lugar — Alemão (910 sermões), 9º lugar — Português (867 sermões, sendo a IBR responsável por 91% desses sermões!) e 10º lugar — Russo (734 sermões).

Em Atos 2, no dia de Pentecoste, vemos o poder do Espírito Santo sobre os galileus de Jerusalém que, não tendo as ferramentas que possuímos hoje, proclamaram o Evangelho a todas as pessoas de outras línguas. Hoje, o poder do Espírito Santo continua atuando movendo milhares de pregadores de todo o mundo, das mais diversas línguas e nações, a continuar pregando o mesmo e maravilhoso Evangelho! Com a auxílio da internet e o trabalho incansável da IBR liderado pelo Pr. Thomas Tronco nessa área, as pessoas, hoje, podem dizer o que disseram os judeus em Atos 2.8, mas sem um ponto de interrogação ao final: “Ouvimos, cada um de nós, em nossa própria língua materna”.

Saiba mais e baixe nosso app gratuitamente clicando no link a seguir (App IBR).

Ev. Leandro Boer

(Publicado em 24/05/2018)

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.