Segunda, 24 de Setembro de 2018
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Provérbios 10.17

  

Provérbios 10.17

Quem acolhe a disciplina mostra o caminho da vida, mas quem ignora a repreensão desencaminha outros” (Pv 10.17 NVI).

Há mais de 7 bilhões de pessoas no mundo, cada uma delas diferente das outras. As pessoas diferem em todas as áreas da vida, mas há algo que é quase uma constante: ninguém gosta de ser corrigido ou repreendido pelos outros. Entretanto, isso não quer dizer que a correção seja algo ruim. Um exemplo paralelo é o da injeção receitada por médicos, da qual quase ninguém gosta, mas cujo resultado é bom para a saúde dos que estão doentes e debilitados.

Por isso, Salomão ensina que o homem sábio é aquele que, quando alertado sobre uma falha para que faça correção, aceita essa instrução, mesmo que lá no fundo do coração isso lhe seja um pouco pesado. Nesse caso, o remédio pode ser um pouco amargo, mas seu efeito é maravilhoso, pois “mostra o caminho da vida”, ou seja, ensina o modo como deve proceder para que tenha proveito em sua vida e se livre dos erros e dos maus caminhos. Por isso, em lugar de se sentir humilhado e ofendido, ele acata a correção, pede a ajuda de Deus e inicia as mudanças necessárias, agradecendo por ter pessoas que se importam com ele a ponto de, mesmo sendo chato, lhe alertarem dos riscos ao seu redor.

É claro que esse modo de agir é considerado uma loucura pelo homem tolo. Ou ele realmente pensa ser perfeito, ou ele quer realmente que os outros pensem isso. Muitas vezes, por orgulho, sente-se superior aos demais, de modo que a repreensão vinda de outra pessoa é encarada por ele como uma grande humilhação. Isso é tão tolo quanto ir ao médico e, quando recebe a receita do remédio, dizer com cara de ofendido: “Doutor, você está querendo dizer que eu estou doente?”. Essa disposição orgulhosa e despeitada, diferente da disposição do sábio, leva o tolo aos caminhos errados e, para grande infelicidade, também “desencaminha outros”. Afinal, o doente que não é tratado infecta pessoas ao seu redor. Mas que bobagem! Jesus morreu para nos providenciar o remédio contra o pecado. Fazer birra e não tomar o remédio é um dos melhores exemplos do que é ser tolo.

Pr. Thomas Tronco

 

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.