Segunda, 19 de Novembro de 2018
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Provérbios 12.10

        

Provérbios 12.10

O justo cuida bem dos seus rebanhos, mas até os atos mais bondosos dos ímpios são cruéis” (Pv 12.10 NVI). 

Certa vez, durante uma programação de jovens, um amigo meu, percebendo que um dos ingredientes da refeição estava com problemas de conservação e, por conseguinte, com um odor característico, deu a seguinte orientação ao grupo que se alimentava: “Pessoal, quem já comeu, tudo bem, mas quem ainda não comeu, pega leve porque a maionese está estragada”. A parte triste foi ver a cozinheira muito chateada pelo ocorrido. Mas a parte divertida foi imaginar como seria possível pegar leve com algo estragado. Ainda que uma pequena quantidade fosse ingerida, o resultado seria ruim.

Do mesmo modo, o que vai dentro do coração dos homens afeta diretamente aquilo que eles praticam, incluindo os menores detalhes. Isso pode ser visto não apenas no modo como o homem trata as pessoas, mas como trata até mesmo seus animais. O homem “justo”, segundo o rei de Israel, “cuida bem dos seus rebanhos”. Em hebraico, o texto diz literalmente que o justo “conhece” seus rebanhos. Isso tira de cena a ideia de alguém que cuida das ovelhas apenas para ter o máximo lucro com elas. A ideia é que esse homem conhece seus animais e se importa com eles, tratando-os bem e mostrando o que há em seu interior. Se com os animais ele age assim, imagine como é seu relacionamento com as pessoas ao seu redor. Ele as trata com cuidado, respeito, gentileza, preocupação e auxílio.

O ímpio age diferente. Mesmo que com simples animais, sua personalidade e seus valores se fazem ver.  E, segundo o que Salomão observou, o tratamento não era bom. Na verdade, segundo diz, a crueldade marcava “até os atos mais bondosos” de tais pessoas. Isso não é questão de técnicas pecuárias ou de costume regional. A fonte do tratamento cruel vinha de dentro do coração dos ímpios. Significa que são tão preocupados consigo mesmo — acima de todos os outros —, que só conseguem pensar de modo egoísta. Não importa o que as outras pessoas sintam diante dos seus atos — muito menos simples animais. Por isso, dá para ver um pouco do seu íntimo até no trato com os animais. A pergunta é: como é você? É daqueles que são gentis com todos, incluindo os animais, ou é daqueles que rosnam para as pessoas e chuta cachorros na rua?

Pr. Thomas Tronco

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.