Domingo, 22 de Janeiro de 2017
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

O que é ser crente?

Ser crente não é ser filho de pais evangélicos. Mesmo que alguém receba, desde a meninice, uma educação cristã, isso, por si só, não faz dele um crente genuíno. Uma pessoa assim é, no máximo, um incrédulo com bons costumes. 

Ser crente não é ser assíduo freqüentador de uma igreja evangélica. Ainda que o crente tenha por obrigação freqüentar uma igreja, nem todos os que estão sempre presentes nos cultos são verdadeiramente crentes. Na verdade, há muitas pessoas que vão à igreja apenas porque encontram ali um ambiente saudável com boas amizades; outras ainda freqüentam os cultos pensando que com isso vão conquistar a simpatia de Deus para livrá-las de algum problema. Pessoas assim, por mais amigáveis e simpáticas que sejam, não podem ser consideradas cristãs.  

Ser crente não é ser batizado. Todos os crentes devem se submeter à ordenança do batismo, mas o fato de alguém ser batizado não significa que essa pessoa é realmente cristã. Aliás, há muitas pessoas que são batizadas e que nunca entenderam e aceitaram o verdadeiro evangelho.  

Quem é, então, o crente verdadeiro? 

Crente é a pessoa que, ouvindo ou lendo o evangelho (Ef 1.13), concluiu que é um pecador perdido, separado de Deus e caminhando para a perdição eterna (Rm 3.23). Ele também descobriu no evangelho que Jesus é o Filho de Deus que veio ao mundo em forma humana para morrer no lugar do pecador (Jo 3.16; Fp 2.5-8; 1Tm 1.15; Hb 2.14; 1Jo 4.10), sendo ainda certo que ao terceiro dia ele ressuscitou (1Co 15.3-4). Finalmente, o crente é aquele que diante dessas verdades, creu em Cristo como seu único e suficiente salvador, recebendo-o em sua vida e, assim, obteve dele o perdão dos pecados, o livramento da culpa, uma nova vida e a salvação eterna (Jo 3.36; 7.38; Rm 5.1; 6.4; Ef 1.7).  

A definição acima é bem resumida. De fato, há muitas outras verdades que poderiam ser ditas acerca do crente. Algumas delas são as seguintes: 

1. O crente é alguém escolhido por Deus desde antes da fundação do mundo (Ef 1.4). 

2. O crente é alguém que não pertence mais a este mundo (Jo 15.19; 17.14-16; Gl 1.4). 

3. O crente é um filho adotivo de Deus (Rm 8.15; Gl 4.4-5; Ef 1.5). 

4. O crente é um herdeiro de Deus (Rm 8.16-17). 

5. O crente é alguém em quem o Espírito Santo habita e age (Rm 8.9-14). 

6. O crente é alguém que recebeu uma nova natureza (2Co 5.17; Gl 6.15; 2Pe 1.4). 

7. O crente é alguém guardado da total apostasia pelo poder de Deus (Jo 6.39; 10.27-30; Rm 8.38-39; 1Pe 1.5; Jd 1, 24-25). 

8. O crente é um proclamador das virtudes de Deus (1Pe 2.9).

 

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.