Domingo, 18 de Novembro de 2018
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Provérbios 14.26,27

     

Provérbios 14.26,27

Aquele que teme ao Senhor possui uma fortaleza segura, refúgio para os seus filhos. O temor do Senhor é fonte de vida, e afasta das armadilhas da morte” (Pv 14.26,27 NVI). 

Assisti a um filme cujos atores principais eram Tom Cruise e Cameron Diaz (Encontro Explosivo — Knight and Day, em inglês). Como sempre, o personagem de Tom Cruise era um superagente a quem nenhum tiro fatal atinge e que — como é de se esperar em filmes de ação — consegue vencer um número inimaginável de inimigos. A personagem de Cameron Diaz começa suas cenas com muito medo, mas, no decorrer do filme, percebendo as habilidades do agente, passa a enfrentar os perigos com extrema calma simplesmente por confiar inteiramente nas habilidades do seu guarda-costas. Isso, é óbvio, é coisa que só acontece em filmes. Porém, Salomão olha para Deus e vê nele um superagente capaz de proteger eficazmente “aquele que teme ao Senhor”. Assim, ele dá quatro vislumbres sobre a proteção de Deus e sobre “o temor do Senhor” como ingrediente essencial nessa proteção.

O primeiro vislumbre é de Deus como “uma fortaleza segura”. Nos dias do rei sábio, uma muralha alta feita de pedras fortes podia repelir um exército bastante poderoso. O segundo vislumbre é do Senhor como protetor não apenas daquele que o teme, mas também como “refúgio para os seus filhos”. Essa é a figura de um lugar alto, onde não há muralhas, a fim de se proteger das vistas e das flechas dos perseguidores. O terceiro vem da expressão “fonte de vida”, ou seja, aquele que fornece o que é necessário para a sobrevivência. Por fim, Deus é retratado como aquele que “afasta das armadilhas da morte”, como se fosse um guia que conduz seus servos por campos seguros e que lhes mostra os artefatos de caçadores a fim de não se tornarem suas presas.

Com uma descrição como essa, onde mais o crente em Cristo que teme a Deus colocará sua esperança em meio a tempos tão maus e difíceis como os nossos? Ou será que você pode enfrentar tudo isso sozinho, sem o divino protetor? Se a resposta é não, busque o Senhor em sua Palavra e obedeça aos seus ensinos, sempre mantendo viva a fé naquele que nos amou a ponto de dar seu Filho para morrer por nós.

Pr. Thomas Tronco

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.