Terça, 17 de Julho de 2018
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Provérbios 14.33

      

Provérbios 14.33

“A sabedoria repousa no coração dos que têm discernimento e mesmo entre os tolos ela se deixa conhecer” (Pv 14.33 NVI). 

Fui a um médico, certa vez, quando comecei a sentir sintomas compatíveis com pressão alta. O diagnóstico era esse mesmo, porém, a razão do problema era meu estilo de vida naquela época em que eu trabalhava muito sem separar qualquer tempo para alguma atividade física regular ou critérios na alimentação. O médico, obviamente, passou-me um belo sermão, ao qual não tive como ignorar. Contudo, brinquei com ele ao perceber que estava bem acima do peso e cheirava a cigarro, hábito ao qual ele não fazia nenhum esforço para deixar. A resposta do médico à minha brincadeira foi: “Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”.

Esse episódio me veio à mente quando li o provérbio em questão porque é verdade que mesmo os tolos têm conhecimentos que, quando seguidos, tornam o homem sábio. A primeira parte do versículo localiza a verdadeira “sabedoria” no “coração dos que têm discernimento”. Como no livro de Provérbios esse discernimento está ligado ao temor do Senhor, o texto ensina que o conhecimento de Deus torna o homem sábio e que, com o passar do tempo, vai aperfeiçoando sua vida na dependência com o Senhor e obediência a ele.

O que surpreende nesse texto é que o texto, diferente do habitual, não afirma que os tolos são dados à estultícia, mas que, “mesmo entre os tolos”, o discernimento “se deixa conhecer”. Será que isso significa que o tolo não é tão tolo? Não é o que o texto diz, mas sim que o conhecimento do correto não é exclusividade dos sábios, aqueles que temem a Deus. Prova disso são a leis justas que regem países e que foram forjadas por crentes e por incrédulos também. Contudo, duas coisas devem ser observadas. A primeira é que não basta conhecer o certo e não pô-lo em prática. Em segundo lugar, a suma sabedoria não vem de seguir leis e agir com educação, mas de crer em Cristo e se submeter a Deus. Sem isso, mesmo os homens que conhecem o discernimento são chamados de “tolos”. E aí, vai seguir o ensino das Escrituras e entregar sua vida a Cristo pela fé ou vai dizer “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”?

Pr. Thomas Tronco

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.