Domingo, 23 de Setembro de 2018
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Provérbios 15.31,32

  

Provérbios 15.31,32

Quem ouve a repreensão construtiva terá lugar permanente entre os sábios. Quem recusa a disciplina faz pouco caso de si mesmo, mas quem ouve a repreensão obtém entendimento” (Pv 15.31,32 NVI). 

Alguns defeitos são tão frequentes em certos grupos que acabam virando um estereótipo. Cada grupo tem o seu e um deles, pertencente à classe masculina, é não gostar de perguntar sobre trajetos de viagens. Filmes e desenhos animados trazem cenas de casais perdidos enquanto a mulher orienta o marido a parar em algum lugar para obter informações e o marido se nega a seguir o conselho afirmando saber exatamente onde está. Obviamente, o casal vai ficando cada vez mais perdido e longe do destino almejado. Infelizmente, os estereótipos costumam ser baseados em uma frequência real de ocorrências, o que resulta em muitas viagens que começam com problemas e até terminam antes da hora.

Quem dera apenas viagens perdem o rumo! Muitas coisas podem se desviar na vida das pessoas. Para isso é que existe a “repreensão construtiva”. Ela serve para apontar falhas e soluções. Infelizmente, elas são mais bem aceitas em países europeus que entre os latinos. Entre nós, esse tipo de correção costuma ser levado para o lado pessoal e, frequentemente, termina em briga em vez de correção e crescimento. Por isso é que a sabedoria é ainda mais importante entre nós, pelo que Salomão afirma que quem “ouve” tais correções “terá lugar permanente entre os sábios”. Curioso! É justamente para parecer sábios que os homens rejeitam a correção. Mas isso não funciona. Não importa quantas vezes se repita uma mentira, ela nunca se tornará verdade. Por isso, o sábio avalia as correções que recebe e muda o que for preciso para se tornar melhor.

Outro problema para o homem que “recusa a disciplina” é que ele, além de não melhorar, “faz pouco caso de si mesmo”, ou seja, ele piora. Negar-se a ouvir uma correção não costuma deixar o homem contumaz na mesma situação, mas o leva a um endurecimento ainda maior por meio do cimento do orgulho, da vaidade e do despeito. A partir daí, é só questão de tempo para novos tombos serem vistos em sua vida. Porém, “quem ouve a repreensão obtém entendimento”, o que não é fácil de fazer. É por isso que quem o faz recebe o título de sábio. Afinal, não importa o que você diga de si mesmo, mas aquilo que você pratica e que qualquer um que o vê é capaz de avaliar. O que você quer para você? Ser um falso sábio, vaidoso em seus erros, ou um sábio de verdade, que é humilde para ouvir, praticar e até agradecer pelas correções que recebe?

Pr. Thomas Tronco

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.