Quarta, 18 de Julho de 2018
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Provérbios 16.26

  

Provérbios 16.26

“O apetite do trabalhador o obriga a trabalhar; a sua fome o impulsiona” (Pv 16.26 NVI). 

Um jovem abastado cresceu desfrutando da fortuna da família. Tudo que ele fazia era aproveitar a vida e se divertir. Apesar de estudar em bons colégios e receber uma boa formação, nunca havia trabalhado, nem desenvolvido qualquer tipo de responsabilidade, até que uma crise financeira levou sua fortuna. Movido pela necessidade, começou desgostoso a trabalhar. Em pouco tempo, percebeu que tinha muito talento para lidar com pessoas e para vender ideias e produtos. Ele trabalhou duro, mas se ergueu na vida e voltou a desfrutar do conforto que tivera na juventude, acrescido agora de uma satisfação profissional que nunca conhecera. Ainda bem que ele reagiu bem ao momento de necessidade.

Salomão, apesar da sua enorme fortuna, comandou muita gente em seu reinado e conheceu a situação dos trabalhadores. Enquanto ele, como rei, trabalhava para alçar grandes realizações e elevar seu nome entre os reinos da Terra, sabia que seus servos eram motivados por interesses mais básicos e cotidianos que os seus. Ele transmite essa ideia dizendo que “o apetite do trabalhador o obriga a trabalhar”. Nem todos podem alcançar grandes realizações, mas todos têm necessidades diárias que os fazem buscar seu suprimento. Isso nos ensina, em primeiro lugar, que somos seres limitados e que qualquer vanglória é tão passageira quanto à saciedade de uma refeição, motivo pelo qual todos os homens devem ser humildes.

A segunda lição é que o homem não pode se dar ao luxo de fazer somente o que quer. Ele tem de fazer o que precisa, pelo que “a sua fome o impulsiona”. Assim, ele deve conter seus desejos, tanto da preguiça quanto da ação irresponsável, pois precisa trabalhar e sustentar a si e aos seus familiares. Para isso, ele precisa, muitas vezes, passar até por sérios dissabores. O fato é que suas necessidades o tornam dependente do trabalho. Quando se trata de um crente, isso também o torna mais dependente de Deus, pois o Senhor é o provedor dos seus filhos. Portanto, se você não nutre grandes ideias que o impulsionam ao trabalho, lembre-se que a fome o moverá todos os dias. Entenda isso e aja com responsabilidade e disciplina.

Pr. Thomas Tronco

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.