Segunda, 23 de Janeiro de 2017
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Provérbios 4.10-13

  

Provérbios 4.10-13

“Ouça, meu filho, e aceite o que digo, e você terá vida longa. Eu o conduzi pelo caminho da sabedoria e o encaminhei por veredas retas. Assim, quando você por elas seguir, não encontrará obstáculos; quando correr, não tropeçará. Apegue-se à instrução, não a abandone; guarde-a bem, pois dela depende a sua vida” (Pv 4.10-13 NVI).

Michael Schumacher, heptacampeão da Fórmula 1, acidentou-se gravemente no dia 29 de dezembro de 2013, enquanto esquiava nos Alpes Franceses. O alemão bateu com a cabeça em uma pedra e sofreu um grave traumatismo craniano. Resgatado de helicóptero, foi levado com urgência para o centro médico de Moutier, iniciando uma luta pela vida e uma mudança permanente em sua vida. Seu acidente se deu em uma pista não sinalizada da estação de Méribel, onde ele possui uma residência de férias. Os caminhos seguros são sinalizados para garantir a segurança dos atletas. Sair deles é realmente um perigo.

Depois de contar seu próprio aprendizado durante a infância (vv.3-9), Salomão continua ensinando seu filho e os demais leitores, dizendo: “Ouça, meu filho, e aceite o que digo, e você terá vida longa”. Muitas são as vantagens que a sabedoria traz, como, por exemplo, paz, prosperidade, saúde, bom relacionamento com as pessoas e, em especial, com Deus. Nesse caso, o escritor menciona o benefício da “vida longa” àquele que a acolhe, seja aprendendo os caminhos do bem a fim de se desviar dos perigos do mundo ou recebendo a longevidade como bênção de Deus na forma de um presente aos seus servos sábios. Assim, Salomão coloca a sabedoria das Escrituras na figura de um mapa, dizendo: “Eu o conduzi pelo caminho da sabedoria e o encaminhei por veredas retas”. Se as indicações de um mapa podem manter o viajante atento em segurança, a Palavra de Deus também pode preservar aquele que aprende seus ensinos e dá ouvidos ao Senhor.

As vantagens de seguir um mapa é evitar perigos e imprevistos no caminho. Salomão fala de uma vantagem semelhante nas instruções divinas: “Assim, quando você por elas seguir, não encontrará obstáculos; quando correr, não tropeçará”. A diferença é que o tropeço de uma viagem comum em uma estrada indevida se dá em buracos e pedras, mas quando a vida segue por caminhos tolos, os obstáculos são maiores e os tropeços causam consequências mais sérias e permanentes. Por isso, o que está em jogo não é o conforto do trajeto, o horário de chegada ou o panorama da viagem, mas o bem-estar do servo de Deus e sua longevidade, pelo que o escritor apela ao leitor, dizendo: “Apegue-se à instrução, não a abandone; guarde-a bem, pois dela depende a sua vida”. Esse apego às palavras do Senhor é, nesse texto, o apego à própria vida do crente. Portanto, preste muita atenção às indicações de Deus nas Escrituras, pois seguir outros caminhos pode fazer com que você caia e se arrebente nas pedras do pecado e do desvio.

Pr. Thomas Tronco

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.