Sábado, 29 de Abril de 2017
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Provérbios 4.25-27

  

Provérbios 4.25-27

“Olhe sempre para a frente, mantenha o olhar fixo no que está adiante de você. Veja bem por onde anda, e os seus passos serão seguros. Não se desvie nem para a direita nem para a esquerda; afaste os seus pés da maldade” (Pv 4.25-27 NVI).

Há algumas semanas, vi um vídeo que mostrava duas câmaras de um ônibus intermunicipal chinês. Uma delas mostrava a visão que o motorista tinha da estrada e a outra mostrava o próprio motorista. Tudo ia bem até que o motorista tirou os olhos da estrada para ler alguma coisa em seu celular. A câmara frontal mostrava que o ônibus continuava seguindo reto na pista, mas o motorista, confiante demais como estava, continuava a olhar para seu celular. Apesar da sua incrível capacidade de manter o ônibus no rumo correto sem olhar para a pista, o motorista não viu que havia um caminhão parado no acostamento e rumou a mais de 80 km por hora em direção a ele. O acidente foi inevitável e só não houve maiores danos porque o lado que bateu não foi o do motorista. Muita gente, por muito menos desatenção, já perdeu a vida e matou outras pessoas.

Nos dias de Salomão, não havia ônibus ou autopistas, mas a necessidade de olhar por onde se anda era a mesma, pelo que ele diz: “Olhe sempre para a frente, mantenha o olhar fixo no que está adiante de você”. O sentido literal dessa frase é fundamentalmente útil para quem gosta dos seus dentes e do seu nariz. Mas o que o escritor trata nesse texto tem um sentido mais figurado no qual o caminho em que se deve prestar atenção são o seu próprio modo de agir e as decisões que toma ao logo da caminhada da vida. Já que se trata da vida, os planos e decisões que a envolvem não são brincadeira e têm consequências sérias e duradouras, de modo que o sábio tem de antever os acontecimentos a fim de escolher o melhor caminho. Mas isso não é adivinhação e sim sabedoria, pois as Escrituras ensinam muito a respeito das decisões e das consequências que o homem enfrenta ao longo da sua existência. Por isso, o “que está adiante de você” é realmente importante, sendo trágico viver para aproveitar apenas o momento sem pensar no que o amanhã trará.

Com tantos riscos de se desviar e sofrer efeitos danosos, Salomão oferece o conselho de ouro ao dizer “veja bem por onde anda e os seus passos serão seguros”. Esse conselho visa a encorajar o servo de Deus a pesar seus objetivos pessoais com os objetivos divinos, levando em conta o modo como o Senhor trata tanto a obediência como a rebeldia das pessoas. Assim, quem quer viver sabiamente não pode se deixar guiar por impulsos ou viver apenas no improviso, mas deve ter um conjunto de valores éticos e morais dados por Deus nas Escrituras, ter objetivos que coincidam com os planos revelados do Senhor, ter disposição para obedecer e ser perseverante para continuar nos santos caminhos mesmo quando há um custo para isso. Algumas vezes, esses caminhos são estreitos e não aceitam desvios, pelo que o escritor orienta: “Não se desvie nem para a direita nem para a esquerda; afaste os seus pés da maldade”. A vantagem é que o trilho traçado por Deus, mesmo que seja apertado e árduo, tem como destino final a pátria celeste e a presença do salvador. O desvio é trágico!

Pr. Thomas Tronco

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.