Segunda, 24 de Setembro de 2018
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Provérbios 6.25-29

  

Provérbios 6.25-29

“Não cobice em seu coração a sua beleza nem se deixe seduzir por seus olhares, pois o preço de uma prostituta é um pedaço de pão, mas a adúltera sai à caça de vidas preciosas. Pode alguém colocar fogo no peito sem queimar a roupa? Pode alguém andar sobre brasas sem queimar os pés? Assim acontece com quem se deita com mulher alheia; ninguém que a toque ficará sem castigo” (Pv 6.25-29 NVI).

Um conhecido meu dirigia um carro antigo, mas muito bom. Ele sempre cuidou bem desse veículo, fazendo revisões constantes e instalando autopeças de boa qualidade. Porém, esse zelo sempre foi criticado por amigos que afirmavam atrasar as revisões e comprar apenas peças paralelas e nunca ter problemas com isso, economizando um bom dinheiro. Por isso, esse conhecido, em vez de comprar amortecedores novos, preferiu instalar peças recondicionadas. Realmente foi mais barato. Entretanto, depois de menos de 500 km um desses amortecedores apresentou problema causando um grave acidente. O valor pago pelo conserto foi cerca de duzentas vezes a economia que aquele homem fez ao comprar o produto ruim. Alguns erros causam prejuízos muito grandes.

Quem dera todos os prejuízos que as pessoas sofrem fossem apenas financeiros! Salomão sabia que perigos ainda maiores cercam os homens. Esse texto é a sequência do alerta que o escritor faz sobre os perigos “da mulher imoral e dos falsos elogios da mulher leviana” (v.24). Sobre uma pessoa assim, o rei sábio diz: “Não cobice em seu coração a sua beleza nem se deixe seduzir por seus olhares”. Esse cuidado serve para promover proteção contra qualquer mulher imoral, mas o escritor parece ter um mente um caso especialmente perigoso, a saber, a mulher casada e adúltera, já que explica que “o preço de uma prostituta é um pedaço de pão, mas a adúltera sai à caça de vidas preciosas”. Salomão não está ensinando o modo mais barato de se deitar com uma mulher, mas apontando o alto preço que o adúltero paga em consequência do seu pecado, chegando a custar-lhe a própria vida.

Infelizmente, muitos servos de Deus menosprezam esse perigo ou superestimam sua capacidade de controlar a tentação, negando-se a fugir resolutamente de mulheres que, com sua conversa envolvente e toques carinhosos, o adulam e enchem seu ego. Para esses, Salomão pergunta: “Pode alguém colocar fogo no peito sem queimar a roupa? Pode alguém andar sobre brasas sem queimar os pés?”. Essas questões funcionam no sentido de alertar sobre o perigo de fazer pequenas concessões ao pecado que prenunciam concessões maiores. É um alerta do tipo “você está brincando com fogo”. Fugindo, agora, da linguagem retórica e usando uma linguagem mais direta, o escritor diz que “assim acontece com quem se deita com mulher alheia; ninguém que a toque ficará sem castigo”. Por isso, a melhor maneira de evitar pagar esse preço drástico é recorrer à sabedoria e à santidade da Palavra de Deus e dos seus servos sábios (vv.20-24), não permitindo que palavras doces, mas impróprias, encontrem livre morada nos ouvidos, nem que carícias aparentemente inocentes aqueçam o coração dos servos de Deus. Fazer esses tipos de concessão ao pecado é algo tão tolo quanto instalar peças quebradas no carro em que viaja a sua família. Você faria isso?

Pr. Thomas Tronco

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.