Segunda, 25 de Junho de 2018
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Reflexão de 4 de outubro

  

4 de outubro

Leitura do dia (para ler a Bíblia inteira em 1 ano): Apocalipse 4; Neemias 5.1–7.3; Salmo 99

Reflexão do dia: Provérbios 13.13

“Quem zomba da instrução pagará por ela, mas aquele que respeita o mandamento será recompensado”.

Conheci alguém com quem estudei que, durante as aulas, conversava e, além de não prestar atenção a nada, também atrapalhava quem queria prestar atenção. Ele aturava o período letivo somente para se divertir depois. Tudo que tinha em mente eram festas, namoros e bebidas. Nem sei bem o que ele fazia ali. Foi aprovado com muita dificuldade, não por mérito, mas por colar nas provas e ser beneficiado por colegas de grupo. No dia da formatura, pegou seu diploma como todos os demais. Porém, ao iniciar sua carreira profissional, não tinha o conhecimento necessário. Daí para frente, sua vida foi fazer curso após curso — e pagar caro por eles — para aprender o que ele desprezou antes e pelo qual inutilmente pagou. No final, sua formação ficou muito mais cara que a de qualquer outro da classe.

Salomão ensina um provérbio que lembra a história acima. Ele fala do homem tolo que “zomba da instrução”. Trata-se de alguém que não acha que precisa ser ensinado ou corrigido, seja porque se vê como alguém muito bom, ou porque simplesmente despreze o caminho do bem, a moral e os bons modos. Muitos desses até se orgulham de serem pessoas debochadas e cheias de falhas. O resultado é que o tolo que age assim “pagará” um preço por isso. A tolice pode ser divertida na hora, mas trás consequências indesejadas, cujo preço costuma ser bem maior do que os tolos estão dispostos a pagar.

Por outro lado, o oposto do tolo é o sábio que, nesse caso, é alguém que “respeita o mandamento”. Ele sabe que não é o centro do universo e que há uma ordem maior e anterior a ele. Também conhece o caráter de Deus e sabe o que significam suas ordens. Na verdade, o sábio se dá bem até mesmo com as ordens sociais, pois não é alguém que deseja passar por cima dos outros, mas colaborar e contribuir com o meio onde vive. Assim, ele, de bom grado, acata as leis existentes e acolhe a instrução e a correção como instrumentos para aperfeiçoar seu relacionamento com as pessoas e o tornar uma pessoa melhor. O resultado é que esse homem “será recompensado”. Então, não pense no que você quer fazer a despeito das normas, mas o que você quer receber como recompensa pela sua postura diante da orientação dos homens e, em especial, de Deus.

Pr. Thomas Tronco

VOLTAR

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.