Segunda, 25 de Junho de 2018
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Reflexão de 16 de dezembro

  

16 de dezembro

Leitura do dia (para ler a Bíblia inteira em 1 ano): Filipenses 3; Ezequiel 23; Isaías 51

Reflexão do dia: Provérbios 15.33

O temor do Senhor ensina a sabedoria, e a humildade antecede a honra”.

Luís XV, rei da França, tolamente ordenou que nunca mais se dissesse nada a respeito da morte em sua presença. Nada que pudesse de alguma forma lembrar-lhe da morte podia ser mencionado ou exibido diante dele. Ele procurou evitar todos os lugares, símbolos e monumentos que de alguma forma sugerissem a morte. Alguém disse sobre ele: “É o recurso do avestruz, que, quando é caçado, enfia a cabeça no chão e se esquece de que seu corpo não é invisível”. O fato é que Luís XV era um homem dominado pelo medo e esse temor fez dele um tolo.

Mas nem todo temor causa tolice. Há um tipo que produz o efeito contrário: o temor de Deus. O sábio rei de Israel disse que “o temor do Senhor ensina sabedoria”. Essa é uma afirmação curiosa porque vai além do que ele escreveu no início do livro: “O temor do Senhor é o princípio do conhecimento” (Pv 1.7a). Segundo essa afirmação é como se o temor de Deus fosse uma porta de entrada para o palácio da sabedoria. Entretanto, de acordo com Provérbios 15.33, esse temor age também como o corredor que conduz o servo do Senhor a cada sala do conhecimento de Deus, visto que “ensina a sabedoria”. A razão é que tal temor não se restringe a medo, mas também a respeito, reverência, obediência e adoração, o que torna os crentes pessoas que aprendem diariamente a servir seu Senhor.

As surpresas do versículo não param aí, pois a segunda cláusula não fala mais do temor, mas sim da “humildade” e, em vez de se atingir sabedoria, se alcança a “honra”. Ou Salomão perdeu o rumo do texto, ou ele fez associações maravilhosas entre o “temor do Senhor” e a “humildade” e entre a “sabedoria” e a “honra”. Quer dizer que sem humildade ninguém tem de fato temor de Deus. O Senhor não é servido por pessoas arrogantes. Ao mesmo tempo, a sabedoria conduz à honra, seja no tempo presente, seja no futuro escatológico. A honra final não será dos orgulhosos. Diante disso, você ainda quer manter a ilusão de ser melhor que os outros, de ser autossuficiente e de saber tudo, sem precisar aprender nada ou se submeter ao Senhor? Se a resposta for sim, só falta agora você enfiar a cabeça no chão.

Pr. Thomas Tronco

VOLTAR

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.