Sexta, 21 de Setembro de 2018
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Reflexão de 24 de dezembro

  

24 de dezembro

Leitura do dia (para ler a Bíblia inteira em 1 ano): Lucas 1.57-80; Ezequiel 35–36; Isaías 59

Reflexão do dia: Provérbios 16.9

“Em seu coração o homem planeja o seu caminho, mas o Senhor determina os seus passos”.

Thomas Higgins, um morador de Quebec, merecia um prêmio por calma em situações de risco. Ele atendeu seu telefone e garantiu a um repórter que sua casa estava realmente pegando fogo. “Não pode ser um fogo muito danoso”, disse o repórter, “pois seu telefone ainda está conectado”. Mas o repórter logo ouviu o crepitar das chamas e os gritos dos bombeiros. O Sr. Higgins lhe explicou que o interior da casa estava sendo completamente destruído e que os danos da sua mobília giravam em torno de 3 mil dólares. Educadamente, disse que tinha de desligar, pois tinha algumas coisas a fazer. Mas. antes de encerrar a chamada, pediu gentilmente ao repórter: “Você poderia ligar para o seu escritório e cancelar minha assinatura do jornal até nova ordem? É que eu não vou morar mais aqui”.

Certamente o Sr. Higgins planejou morar muito tempo naquela casa, mas seus planos foram alterados por forças maiores que ele. Salomão fala sobre isso apontando, em primeiro lugar, o fato de que “em seu coração o homem planeja o seu caminho”. Não é errado o homem fazer seus planos, mas certamente ele não é tão livre para determinar seus rumos como é dito em nossos dias. A presença de Deus limita os planos humanos e cobra por rumos maldirigidos. Por isso, diz o profeta Jeremias: “Eu sei, Senhor, que a vida do homem não lhe pertence; não compete ao homem dirigir os seus passos” (Jr 10.23). Significa que os valores e ensinos de Deus devem ser levados em consideração sempre que seus servos se põem a planejar os rumos de suas vidas e cada decisão que irão tomar.

Seguindo os parâmetros bíblicos, os salvos por Cristo podem vislumbrar projetos futuros e rumar em sua direção. Porém, ainda assim, há aqui outra lição de sujeição, pois o rei sábio diz que, independente do que o homem decidiu, Deus ainda é o soberano que está no controle de tudo e lhe “determina os seus passos”. Submeter-se à direção do Senhor é uma das melhores lições que seus servos podem aprender. Para tanto, é preciso saber bem quem é Deus e como ele age na história, algo que o profeta Isaías explica registrando a seguinte declaração do Senhor: “Desde o início faço conhecido o fim, desde tempos remotos, o que ainda virá. Digo: meu propósito ficará de pé e farei tudo o que me agrada” (Is 46.10). Portanto, com a casa em paz ou pegando fogo, confie no controle e na sabedoria de Deus. Ele sempre faz o que é melhor para os seus filhos, mesmo que seja difícil de entender na hora.

Pr. Thomas Tronco

VOLTAR

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.