Segunda, 25 de Junho de 2018
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Reflexão de 28 de dezembro

  

28 de dezembro

Leitura do dia (para ler a Bíblia inteira em 1 ano): Lucas 3.21-38; Ezequiel 42–43; Isaías 63

Reflexão do dia: Provérbios 16.13

“O rei se agrada dos lábios honestos; e dá valor ao homem que fala a verdade”.

Depois de uma famosa batalha, Napoleão deu a todos os seus soldados uma medalha bem simples. Nela foi inscrita o nome do campo de batalha e as palavras “eu estava lá”. Todos, independentemente da patente, tiveram o mesmo reconhecimento. Apesar da simplicidade da premiação, dizem que dinheiro algum poderia comprar para esses veteranos algo mais valioso do que serem homenageados pelo imperador por sua participação nessa grande batalha.

De fato, o reconhecimento dos líderes é algo almejado e prazeroso para seus liderados. Infelizmente, nem sempre as razões do prestígio são elogiáveis, pois muitos chefes premiam seus funcionários, por exemplo, por causa de bajulação ou por lhe renderem lucros maiores por meios questionáveis. Mas os homens que temem a Deus não podem ser assim. Salomão dá um bom parâmetro para o reconhecimento dos liderados, dizendo que “o rei se agrada dos lábios honestos”. Deve-se notar que “lábios honestos” não bajulam e nem sempre dizem o que o líder quer ouvir. Ao contrário, dizem o que é justo e que concorda com a Palavra de Deus, sendo assim, palavras sábias e fiéis a Deus. O líder que serve ao Senhor reconhece esses valores e “se agrada” dos seus seguidores que agem desse modo.

O líder que não teme a Deus, mas que serve a seus próprios gostos e prazeres, não gosta de se cercar de pessoas verdadeiras e que tenham em alta conta os valores divinos. Ao contrário, ele quer ter ao seu lado apenas pessoas que façam integralmente sua vontade — independente se certa ou errada — e que adulem seu ego. Mas o líder que serve ao Senhor “dá valor ao homem que fala a verdade”, mesmo quando tal verdade exige mudanças em sua própria vida. Isso acontece porque esse bom líder dá valor também à vontade de Deus, pelo que considera os homens verdadeiros como instrumentos divinos para afirmar seu caráter. Portanto, se você quiser conhecer o íntimo de alguém, basta olhar para as pessoas que o cercam e como é seu relacionamento com elas. Quanto a você, cuide de que tipo de gente você valoriza e busca para estar ao seu lado. Deus também é rei e também dá valor a pessoas honestas, verdadeiras e justas.

Pr. Thomas Tronco

VOLTAR

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.