Domingo, 20 de Agosto de 2017
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Estudo 13 - O Ministério dos Anjos

 

A) EM RELAÇÃO A DEUS

a)     Eles o louvam (Sl 148.1-2; Is 6.3);

b)    Eles o adoram (Hb 1.6; Ap 5.8-13);

c)     Eles se regozijam com os seus feitos (Jó 38.6-7);

d)    Eles o servem (Sl 103.20; Ap 22.9);

e)     Eles se apresentam diante dele (Jó 1.6; 2.1);

f)     Eles são instrumentos do juízo divino (Ap 7.1; 8.2).

 

B) EM RELAÇÃO AOS TEMPOS

a)      Eles se reuniram para louvar a Deus quando a Terra foi criada (Jó 38.6-7);

b)      Estavam envolvidos quando a lei mosaica foi entregue (Gl 3.19; Hb 2.2);

c)      Estavam ativos na primeira vinda de Cristo (Mt 1.20; 4.11);

d)      Estavam ativos durante os primeiros anos da Igreja (At 8.26; 10.3-7; 12.11);

e)      Estarão envolvidos nos eventos relacionados à segunda vinda de Cristo (Mt 25.31; 1Ts 4.16).

 

C) EM RELAÇÃO AO MINISTÉRIO DE CRISTO

a)     Em seu nascimento – Gabriel predisse o nascimento de Jesus (Lc 1.26-28) e um anjo anunciou o nascimento a alguns pastores e foi acompanhado por uma multidão de anjos (Lc 2.8-15);

b)    Durante sua vida – Um anjo alertou José para que fugisse para o Egito (Mt 2.13-15), depois o orientou a voltar do Egito (Mt 2.19-21). Anjos ministraram a Jesus no deserto e no Getsêmani (Mt 4.11; Lc 22.43);

c)     Após sua ressurreição – Um anjo rolou a pedra do sepulcro (Mt 28.1-2), anjos anunciaram a ressurreição para as mulheres (Mt 28.5-6) e anjos estavam presentes na ascensão de Jesus (At 1.10.11);

d)    Na segunda vinda de Jesus – A voz do arcanjo será ouvida no arrebatamento da Igreja (1Ts 4.16) e anjos acompanharão Jesus (Mt 25.31, 2Ts 1.7).

 

D) EM RELAÇÃO AOS ÍMPIOS

a)      Anunciam os juízos iminentes (Gn 19.13; Ap 19.17-18);

b)      Infligem o juízo divino (At 12.23; Ap 16.1);

c)      Irão separar justos de injustos no fim dos tempos (Mt 13.39-40).

 

E) EM RELAÇÃO À IGREJA

a)      Seu ministério básico é servir os salvos (Hb 1.14);

b)      Levam as respostas das orações (At 12.5-10);

c)      Ajudam nos esforços evangelísticos dos cristãos (At 8.26; 10.3);

d)      Observam as experiências, o trabalho e os sofrimentos dos cristãos (1Co 4.9; 11.10; Ef 3.10; 1Pe 1.12);

e)      Encorajam nas horas de perigo (At 27.23-24);

f)       Ministram aos justos na hora da sua morte (Lc 16.22).

 

 

VOLTAR

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.