Terça, 17 de Outubro de 2017
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Estudo 22 - Os Pecados Pessoais

 

A) DEFINIÇÃO

São os atos de pecados que os homens cometem e que são contrários aos ensinos de Deus e ao próprio Deus.

Forma uma tríade juntamente com o pecado herdado e o pecado imputado da seguinte forma:

1.     A natureza pecaminosa (pecado herdado);

2.     Os atos de pecado (pecados pessoais);

3.     A culpa pelo pecado (pecado imputado).

 

B) ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DOS PECADOS PESSOAIS

1.     Universalidade – Todos cometem pecados (Rm 3.9-10,23);

2.     Abrangência – São pecados não apenas aqueles que podem ser vistos, mas também aqueles que são cometidos em pensamentos (Mt 5.27,28; Cl 3.5,6). Além disso, pecados por omissão são tão errados quanto aqueles que são realizados (Tg 4.17);

3.     Classificação – Há diferença de gravidade entre classes diferentes de pecado. Jesus disse que o pecado de Caifás era pior do que o de Pilatos (Jo 19.11). O AT trata de forma diversa pecados cometidos por ignorância (Lv 4.22-24) de pecados de rebeldia, chamados de “atrevimento” (Nm 15.30,31). Níveis de conhecimentos diferenciados da vontade de Deus produzem pecados com consequências diferentes (Lc 12.47,48). A Bíblia também se refere a um pecado imperdoável (Mt 12.31,32) e pecados que são para morte (1Jo 5.16).

 

C) A TRANSMISSÃO DOS PECADOS PESSOAIS

Os pecados pessoais não são transmitidos de uma pessoa ou de uma geração para outra. Cada pessoa comete seus próprios pecados e é responsável por eles.

 

D) O REMÉDIO PARA OS PECADOS PESSOAIS

O remédio é o perdão. Para os crentes, o perdão de Cristo cobre toda a culpa pelos pecados (Ef 1.7) e restaura o bom relacionamento e a comunhão com Deus e com a Igreja (1Jo 1.9). Para o incrédulo, o perdão traz salvação e libertação das penalidades do pecado (Rm 8.1).

 

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.