Segunda, 11 de Dezembro de 2017
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Estudo 37 - A Identidade do Espírito Santo

 

1 – A PERSONALIDADE DO ESPÍRITO SANTO

O Espírito Santo não é uma força, uma energia cósmica ou a personificação do poder de Deus. Ele é uma “pessoa”, a  terceira pessoa da Trindade. A Bíblia é generosa em apontar essa realidade:

A.  O Espírito Santo possui atributos pessoais

a.     É inteligente (Rm 8.27 e 1Co 2.10,11,13);

b.    Tem emoções (Ef 4.30);

c.     Tem vontade própria (At 16.6-11 e 1Co 12.11).

B.  O Espírito Santo tem atitudes de uma pessoa

a.     Convence do pecado (Jo 16.8);

b.    Guia os crentes à verdade (Jo 16.13);

c.     Realiza milagres (At 8.39);

d.    Intercede pelos crentes (Rm 8.26).

C.  O Espírito Santo recebe atribuições que somente uma pessoa poderia receber

a.     Deve ser obedecido (At 10.19-21);

b.    Pode-se mentir a ele (At 5.3);

c.     Pode ser resistido (At 7.51);

d.    Pode ser entristecido (Ef 4.30);

e.     Pode ser ultrajado (Hb 10.29).

D.  O Espírito Santo se relaciona de modo pessoal com outras pessoas

a.     Com os apóstolos (At 15.28);

b.    Com Jesus (Jo 16.14);

 

2 – A DIVINDADE DO ESPÍRITO SANTO

O Espírito Santo não é apenas uma pessoa. Ele também é Deus.

A.  O Espírito Santo possui nomes divinos

a.     Espírito de Deus (1Co 6.11 e 2Co 3.3);

b.    Espírito de Cristo (At 16.7 e Rm 8.9).

B.  O Espírito Santo possui atributos divinos

a.     Onisciência (Is 40.13; 1Co 2.12);

b.    Onipresença (Sl 139.7);

c.     Onipotência (Jó 33.4 e Sl 104.30).

C.  O Espírito Santo realiza obras divinas

a.     Foi o autor da concepção virginal (Lc 1.35);

b.    Foi o agente da inspiração das Escrituras (2Pe 1.21);

c.     Estava envolvido na criação (Gn 1.2).

 

VOLTAR

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.