Quinta, 19 de Outubro de 2017
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Download

Titulo:Questões Sobre Casamento e Divórcio
Referencia:1 Coríntios 7.10-16
Notas:

Mensagem Central:
O casamento foi instituído por Deus de modo que o crente deve mantê-lo e não substituí-lo.

3 ordens sobre a manutenção do casamento

1. O casamento é perpétuo e deve ser mantido (10,11b)

Por isso, deixará o homem a seu pai e mãe [e unir-se-á a sua mulher], e, com sua mulher, serão os dois uma só carne. De modo que já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não separe o homem.
(Mc 10.7-9)

E perguntais: Por quê? Porque o Senhor foi testemunha da aliança entre ti e a mulher da tua mocidade, com a qual tu foste desleal, sendo ela a tua companheira e a mulher da tua aliança... Porque o Senhor, Deus de Israel, diz que odeia o repúdio e também aquele que cobre de violência as suas vestes, diz o Senhor dos Exércitos; portanto, cuidai de vós mesmos e não sejais infiéis.
(Ml 2.14,16)

2. O eventual divórcio não deve ser seguido de novo casamento (11a)

E ele lhes disse: Quem repudiar sua mulher e casar com outra comete adultério contra aquela. E, se ela repudiar seu marido e casar com outro, comete adultério.
(Mc 10.11-12)

3. A união do crente com o incrédulo, apesar de irregular, deve ser conservada pelo crente (12-16)

Aplicações:

Os solteiros devem encarar com muita seriedade o processo que conduz ao casamento sabendo que tal decisão afetará permanentemente os rumos da sua vida.

Os casados devem zelar pelo seu casamento devido ao seu caráter permanente, sabendo que o divórcio não é uma opção, mesmo quando o cônjuge é incrédulo.

Nos casos em que foi impossível evitar o divórcio o crente não deve se casar novamente. Para isso é necessária dependência de Deus e um olhar voltado para o futuro, onde todas as nossas carências serão plenamente supridas.

 

DOWNLOAD



Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.